Você suspeita de fraude?

Apesar dos grandes avanços conquistados pelas novas tecnologias de pagamento – como o EMV – que impede a maioria das atividades fraudulentas, você ainda pode encontrar alguma. Caso suspeite de fraude, há várias ações que devem ser tomadas para reduzir o risco e gerenciar a situação.

Quando você suspeita de fraude

Se os seus funcionários suspeitarem de um cartão ou do portador de cartão a qualquer momento durante uma transação, instrua-os a chamar o Centro de Autorização e solicitar uma permissão Código 10.

Uma autorização Código 10 dispara alertas para o emissor do cartão sobre  atividade suspeita, sem despertar a atenção do cliente. Durante uma chamada Código 10, seu adquirente pode pedir detalhes da transação. Sua chamada será transferida para o operador especial do emissor do cartão, que fornecerá instruções para qualquer ação necessária.

Quando o operador atender, treine seus funcionários para dizer "tenho um pedido de autorização código 10" e seguir estes passos:

  1. Fique calmo para não alarmar a pessoa que apresentou o cartão.
  2. Mantenha o cartão nas mãos para direcionar quaisquer questões. 
  3. Responda às perguntas do operador em um tom de voz normal, com um simples "sim" ou "não". 
  4. Siga as instruções do operador.
  5. Para segurança de sua equipe, nunca, sob qualquer circunstância, confronte ou tente prender o cliente.

Caso seja necessário notificar a polícia, o operador fará isso enquanto seu funcionário estiver aguardando na linha.

Comunique fraude

Algumas vezes, a fraude acontece mesmo com a adoção de fortes medidas preventivas. Mantenha fácil e acessível os dados de contato para comunicar fraude e certifique-se de que seus funcionários saibam como usá-los.

Contatos

Se ocorrer uma transação fraudulenta, entre em contato com as seguintes entidades para assistência:

  • Seu banco ou processador de pagamento
  • Seu conselheiro legal
  • Sua polícia local